DANÇA DO VENTRE

Há muitas controvérsias sobre a origem da dança do ventre. Sacerdotisas praticavam um ritual sagrado ligado aos ritos de fertilização em honra das divindades femininas que protegiam as águas, a terra, as mães e seus filhos.

As sacerdotisas acreditavam que a Deusa protegia as jovens na hora de dar a luz. Agradeciam dançando. Ofereciam flores, incensos, frutas e dançavam com véus esvoaçantes.

Atualmente, mulheres de todas as idades praticam a dança do ventre. Variados aspectos são trabalhados, desde a tonificação da musculatura, alongamento e correção postural, até o resgate da auto estima e descoberta da verdadeira essência feminina.

A dança é composta movimentos com vibrações, impacto, ondulações e rotações que envolvem o corpo como um todo.

MUSICA

Esta seção está vazia.